Você já ouviu falar dos níveis GMFCS ?

Gross Motor Function Classification System (GMFCS – E & R)

Sistema de Classificação da Função Motora Grossa Ampliado e Revisto

O Sistema de Classificação da Função Motora Grossa (GMFCS) é um sistema de classificação de 5 níveis, que descrevem a função motora grossa de pessoas com Paralisia Cerebral com ênfase no sentar, andar e mobilidade. A versão original foi desenvolvida em 1997 e a versão revisada e expandida, em 2007 (GMFCS – E&R), que inclui a faixa etária de 12 a 18 anos.

Segundo o grupo CanChild – Canadá, o GMFCS é importante pois fornece aos profissionais e família uma descrição clara da função motora da criança e também uma ideia do tipo de equipamentos e dispositivos de mobilidade que essa criança possa precisar no futuro, além de ser muito útil para elaborar objetivos. Por exemplo, a probabilidade de uma criança nível V andar é bem baixa e muito diferente da probabilidade de crianças nos níveis I, II e III. Com isso, o sistema ajuda no planejamento das intervenções, já que para crianças nos níveis IV e V, a ênfase deve ser dada em promover saúde, prevenir incapacidades secundárias e, uso de tecnologia e equipamentos adaptados para promover maior participação. Já com crianças nos níveis I, II e III, o foco pode ser maior em alcançar e aperfeiçoar habilidades motoras grossas.

Abaixo temos os descritores e ilustrações para cada nível para crianças de 6 a 12 anos, para outras faixa-etárias, consultar a versão completa.

 

GMFCS E&R entre o sexto e décimo segundo aniversário: Descritores e ilustrações:


GMFCS I

GMFCS Nível I

As crianças caminham em casa, na escola, em espaços externos e na comunidade. As crianças são capazes de subir e descer escadas sem o corrimão. As crianças apresentam habilidades motoras grossas tais como correr e saltar, mas a velocidade, equilíbrio e a coordenação são limitados.


GMFCS II

GMFCS Nível II

As crianças caminham na maioria dos ambientes, sobem e descem escadas segurando em corrimão. Podem apresentar dificuldade em caminhar longas distâncias e de equilíbrio em terrenos irregulares, inclinações, áreas com muitas pessoas, espaços fechados ou quando carregam objetos. Em espaços externos e na comunidade, as crianças podem andar com assistência física, um dispositivo manual de mobilidade, ou utilizar a mobilidade sobre rodas quando percorrem longas distâncias. As crianças têm, na melhor das hipóteses, apenas habilidade mínima para realizar as habilidades motoras grossas tais como correr e pular.


GMFCS III

GMFCS Nível III

As crianças andam utilizando um dispositivo manual de mobilidade na maioria dos espaços internos. Podem subir ou descer escadas segurando em um corrimão com supervisão ou assistência física. Quando movem-se por longas distâncias, as crianças utilizam alguma forma de mobilidade sobre rodas.


GMFCS IV

GMFCS Nível IV

As crianças utilizam métodos de mobilidade que requerem assistência física ou mobilidade motorizada na maioria dos ambientes. Quando posicionadas, as crianças podem utilizar um andador de apoio corporal em casa ou na escola. Na escola, em espaços externos e na comunidade, as crianças são transportadas em uma cadeira de rodas manual ou utilizam mobilidade motorizada.


GMFCS-V

GMFCS Level V

As crianças são transportadas em uma cadeira de rodas manual em todos os ambientes. As crianças são limitadas em sua habilidade de manter as posturas anti-gravitacionais da cabeça e tronco e de controlar os movimentos dos braços e pernas. Tecnologia assistiva é utilizada para melhorar o alinhamento da cabeça, o sentar, o levantar e/ou a mobilidade, mas as limitações não são totalmente compensadas pelo equipamento.


GMFCS descriptors copyright © Palisano et al. (1997) Dev Med Child Neurol 39:214-23 CanChild

Illustrations copyright Version 2 © Bill Reid, Kate Willoughby, Adrienne Harvey and Kerr Graham, The Royal Children’s Hospital Melbourne.


Versão completa em Português

Confira também a versão completa do GMFCS – E&R em Português, com todas as faixa-etárias, foi traduzida pela Universidade de São Paulo – USP – Ribeirão Preto e disponibilizada pelo website do CanChild.